Eu me formei! E agora?

Eu-me-formei!-E-agora

O momento mais esperado durante a universidade também pode se tornar um dos momentos mais cruéis profissionalmente. Isso porque você esperou anos para se tornar, de fato, um profissional e talvez as coisas não se concretizem como foi pensado como um recém-formado.

Você passou por estresse com as provas e pela fase que faz a gente perder festinhas, fome, quilos e quase perder cabelo! O famoso e temido TCC. Conquistou o canudo e quando foi com toda a animação do mundo colocar a cara no sol esperando ser cobiçado por agências… aquele grande vazio como se tivesse chegado no local da festa no dia errado e só tivesse você, começou a bater forte.

Basicamente, se formar é isso. Chegar e encontrar ninguém na festa, pois essa festa, possivelmente, só rolará tempos depois para a maioria das pessoas. A real é que a maioria das universidades te preparam para o ambiente acadêmico, não para o mercado de trabalho. Triste realidade.

Mas que bom que a gente quebra a cara, aprende e pode compartilhar os erros. Estou aqui para alertá-los e salvar as suas almas universitárias ou recém-formadas das armadilhas que vocês encontrarão na vida (rsrs). Vamos lá!

SALVANDO A SUA ALMA

Quando você está na universidade ninguém te conta, ou a maioria não conta, sobre as possibilidades que você tem no seu curso de Comunicação ou outro curso que você tenha feito. Você não vai encontrar abrigo só em agências, até porquê, muita coisa está mudando. Agências famosas estão fechando.

Quando você está prestes a se formar ou é recém-formado, você tem a possibilidade de trabalhar também na área de Comunicação das empresas, ser freelancer de empresas e agências, e partir para algo que talvez você não tenha ouvido falar, o Trainee! Entre muitas outras coisas que você pode realizar com o conhecimento do curso.

Aqui, vou falar com você especificamente sobre o Trainee! Ele é um programa onde as empresas oferecem um treinamento para recém-formados de cursos específicos ou que sejam de nível superior, podendo ter a duração de 1 a 3 anos com job rotation (o profissional passa por diferentes setores para ter um conhecimento mais amplo sobre o funcionamento da empresa). Mas se você acha que é easy entrar, tire os burricos da chuva! Você vai ter que se preparar para esse mercado de tubarões! Vai ter que passar por testes até chegar a fase presencial. E as três principais coisas que você vai ter para conseguir isso são:

  • Domínio do Excel 
  • Domínio da Língua Inglesa (Intermediário, Avançado ou Fluente) – Às vezes também é pedido Espanhol
  • Raciocínio Lógico

Esse trio é parada dura e se você realmente não levá-los a sério e estudar, não passará para a próxima fase do jogo.

Os salários são bem interessantes para os recém-formados, indo de 4 a 6 mil reais. Imagina ganhar isso no seu primeiro emprego? Um sonho, né? Mas não fica só sonhando não e vai estudar!

Ficou interessado e quer conquistar essa vaga  dos sonhos, tanto na parte financeira como na experiência para o mercado de trabalho? Veja o post “Como ir para a etapa presencial no processo de Trainee” e conheça dicas que vão te colocar na frente de muitos candidatos.

Inclusive, o Trainee é aberto por grandes empresas como Pepsico, Nestlé, Vivo, Burger King, Santander, Itaú, Vale, Votorantim e inúmeras outras. O legal é sempre buscar empresas que tenham a ver com o seu FIT.

Curtiu? Então compartilha e acompanhe as nossas postagens.

6 Gostei disso
1 Não gostei disso

(Redatora Publicitária)

Publicitária, redatora, criadora de conteúdo, work holic e amante de leitura. Sou uma profissional que está em constante busca pelo estudo do comportamento das pessoas e em como o conteúdo pode transformar a interação entre marcas e consumidores. E o Universitário Publicitário? O meu grande laboratório.

Comentários