Qual a Diferença Entre Um Designer e Um Diretor de Arte?

Post01_700x525

Designer ou diretor de arte? Eis a questão! A diferença entre diretor de arte e designer é muito tênue, já vi muitos designers se tornando diretores de arte e diretores de arte se tornando designers.

Também vi inúmeros profissionais que se intitulam das duas formas. Eu sou um deles. Rubens Mendes, diretor de arte e designer, prazer! Talvez seja por isso, ou pelo convite da Juliana Hermes, que resolvi falar sobre esse tema no meu primeiro post aqui no Universitário Publicitário.

Para que a diferença fique mais clara, é preciso entender a formação e o papel de cada profissional. Vamos a isso?

Formação

Em nenhum dos casos é obrigatório fazer uma faculdade. Mas é um ótimo indicativo da diferença entre designer e diretor de arte.

O diretor de arte, geralmente, é formado em Publicidade e Propaganda, onde aprende um pouco de tudo, tem criação, desenho, fotografia, softwares, e também tem as matérias ligadas ao marketing. Ou seja, o profissional acaba tendo uma noção sobre muitas coisas, mas em poucas o conhecimento é aprofundado. A formação do diretor de arte é mais generalista.

Já o designer, geralmente, é formado em Design, onde aprende um pouco das áreas, como design gráfico, web design, ilustração. A maioria das matérias são relacionadas ao trabalho que executará. Em alguns casos, há até uma escolha da área onde uma parte do curso é na área desejada. Ou seja, o profissional acaba tendo uma noção maior sobre a sua área de atuação. A formação do designer é mais direcionada.

Diretor de Arte

O diretor de arte trabalha em conjunto com o redator. Juntos, eles criam ideias que solucionem o briefing, criando uma comunicação adequada entre a marca e os consumidores.

Após a criação das ideias, o redator cuida da parte textual do projeto e o diretor de arte da parte visual.

Tá, mas por que “Diretor”?

Quando ouvimos, ou lemos, a palavra “diretor” logo pensamos em um cargo importante. Em empresas podemos ver que direção é um alto cargo, que lidera uma grande equipe e direciona o caminho que o departamento irá seguir.

O diretor de arte também é responsável por estar a frente da direção, não de uma equipe, mas sim do conceito visual da campanha.

Em outras palavras, o diretor de arte é quem cria o layout, define como será o visual, e depois acompanha e direciona a produção da arte final, que é executada pelo departamento de finalização ou por uma produtora.

Designer

Já o designer, muitas vezes, trabalha mais de forma individual e focada. Enquanto o diretor de arte recebe briefings para criar um projeto de comunicação, o designer recebe projetos mais conectados ao branding, que acabam sendo mais ligados à conceituação visual e a produção.

Enquanto o diretor de arte acompanha toda a produção da arte final das peças que compõem o projeto, o designer faz um projeto mais definitivo, e também pode criar um manual que organiza e explica todo o sistema gráfico para que cada peça, independente do meio e formato, siga a mesma linha e faça parte do mesmo projeto.

Um exemplo bem interessante seria a comunicação visual de um evento. Lá, será necessário peças gráficas que vão de um painel de 3×2 até um aplicativo para que os participantes possam aproveitar melhor o evento.

Nesse caso, o designer poderia ter criado a identidade visual do evento e as peças mais importantes. E outros designers terem feito as outras peças necessárias, de acordo com suas especialidades.

Os dois juntos

O diretor de arte e o designer podem trabalhar juntos no mesmo projeto.

Usando o exemplo anterior, podemos pensar que a Copa do Mundo está chegando e uma marca quer fazer algo em algum jogo do Brasil.

O briefing chega para a dupla criativa, que tem a ideia de fazer um evento, onde o consumidor poderá assistir o jogo e também ter uma boa experiência com a marca.

Nesse momento, o diretor de arte passa o projeto para o designer pensar na identidade e comunicação visual do evento. Enquanto a dupla criativa (redator e diretor de arte) vão pensar na comunicação para atrair as pessoas para o evento.

Estou deixando o trabalho de ambos bem separado para você entender a diferença no trabalho em si. Mas a verdade é que o diretor de arte participaria ativamente da produção visual do evento e o designer também participa no visual da comunicação em si (principalmente, por definir a identidade visual do evento).

O departamento de Finalização é composto por designers?

Sim e não. O departamento de Finalização é composto por arte finalistas e retocadores.

Os arte finalistas são responsáveis por pegar a arte do diretor de arte, e designer, e “finalizá-la”, que significa deixar o arquivo certinho para ser enviado para o veículo ou impresso em uma gráfica. Os retocadores são responsáveis por finalizar as fotografias e/ou montagens fotográficas, eles são especialistas em photoshop, deixando o arquivo pronto para o arte finalista incluir no arquivo final da peça.

Tantos os arte finalistas, quanto os retocadores, são profissões que não tem uma formação específica. Podem ser designers, diretores de arte ou outro profissional ligado a atividade. Por exemplo, se pensarmos no retocador, ele pode ser fotógrafo que se especializou em tratar e retocar as imagens.

Como o layout já vai montado para a arte final, o arte finalista praticamente copia o visual deixando ele pronto para impressão. Sem ter que conhecer a fundo os critérios que o designer e o diretor de arte tem para criar e compor o visual de um layout.

Conheci profissionais que começaram como arte finalistas e depois se tornaram designers ou diretores de arte. Pois, o mais importante para o arte finalista é entender de pré-impressão e conhecer bem o software que está usando.

Por isso, não há regras. Porém, é mais comum ver designers como arte finalistas, por saberem a fundo o processo de pré-impressão. E diretores de arte como retocadores, por conhecer a fundo o Photoshop.

Todas as agências possuem um departamento de Finalização?

Não. Esse departamento surge conforme o tamanho da agência e a demanda dos clientes. Agências pequenas geralmente não possuem profissionais responsáveis por isso. Essa tarefa acaba ficando a cargo do designer ou diretor de arte responsável pelo projeto.

O Diretor de Arte fica só na parte teórica?

Não! Ele coloca muito a mão na massa. Ele que cria os layouts que definem o visual de uma campanha. Porém, geralmente essas peças precisam de que elementos sejam produzidos por outros profissionais, como fotografias, ilustrações e ilustrações 3D. Por isso, o layout criado pelo diretor de arte é um guia, para mostrar a ideia para o cliente e orientar a produção desses elementos.

Para designers, a maioria dos projetos não precisa de elementos complexos que ele não consiga criar. Assim, os projetos de designers estão mais próximos do finalizado que os projetos do diretor de arte.

E nas pequenas agências?

Em comparação, o dia a dia nas pequenas agências é bem diferente do dia a dia nas grandes agências. E isso interfere também nas atividades dos diretores de arte e designers.

Nas agências pequenas, os projetos têm menos verba, o que significa menos recursos. Assim, o layout que o diretor de arte faz tem que ser facilmente finalizado, sem precisar de recursos externos, como fotografias, ilustrações e ilustrações 3D.

Em agências pequenas, é onde a atividade do designer e do diretor de arte mais fica se confundem. Pois, lá os profissionais têm que exercer diversas funções. Então, vemos diretores de arte criando identidades visuais e designers criando peças de comunicação.

Tudo vai da agência e da demanda que está rolando. – Inclusive, há agências que só tem designers e outras que só têm diretores de arte, ambos exercendo as duas funções.

Definindo a diferença

Resumindo, são profissões que tem muita coisa em comum, muitas intersecções. O que faz com que o diretor de arte possa atuar como designer e o designer como diretor de arte. No fim das contas, o que vale é a máxima: não há regras.

Recapitulando as diferenças. Na formação: o designer é mais focado e o diretor de arte é mais generalista. O diretor de arte trabalha mais com seu dupla (redator), o designer trabalha mais individualmente.

Os designers, na maioria das vezes, conseguem criar todos os elementos do projeto o que deixa ele mais próximo de estar finalizado, já os diretores de arte acabam criando muitos projetos que precisam de elementos a serem produzidos.

Mas para mim, a maior diferença entre o designer e o diretor de arte está no foco do seu trabalho. O designer está mais focado no visual e no que ele transmite. Enquanto o diretor de arte está mais focado na ideia e na mensagem que ela passa.

Ao longo da minha carreira tem momentos que sou mais diretor de arte e momentos que sou mais designer. Nada impede que o mesmo profissional possa exercer as duas funções, pois muitas das habilidades são comuns às duas profissões.

E você? É mais designer ou diretor de arte?

➡ LEIA TAMBÉM:
_O Que Faz Um Diretor de Criação?
_Quer Fugir da Criação de Um Portfólio Medíocre? Leia!
_Young Lions e Future Lions: Concursos para Estudantes e Jovens Criativos do Festival de Cannes
5 Gostei disso
0 Não gostei disso

Diretor de Arte e Designer com mais de 9 anos de experiência nas melhores agências de São Paulo (Havas Worldwide, AlmapBBDO e F/Nazca Saatchi & Saatchi) e na Publicis de Lisboa, em Portugal. Em 2016 fui vencedor do Prêmio Young Lions, sendo selecionado para representar Portugal no Festival de Cannes Lions, na França. Além de colaborar aqui no Universitário Publicitário, estou a frente do projeto Meu Caos Criativo.

Comentários